As Aventuras de Peabody e Sherman

103Eu não sei vocês, mas creio que As Aventuras de Peabody e Sherman é um ilustre desconhecido, ou pelo menos teve uma campanha de divulgação muito fraca, ou talvez eu não visto mesmo… MAS ELE É MUITO BOM!

Em As Aventuras de Peabody e Sherman, animação lançada neste ano pela Dreamworks vemos a história do Sr. Peabody, o inteligentíssimo cachorro que adora o órfão Sherman. E ele tem uma máquina do tempo. Sério, não preciso explicar mais sobre o plot do filme, dramas familiares e muita bagunça no espaço tempo, o que me levou a pensar… como esse contínuum-espaço-tempo é tumultuado? A nave desse filme é uma grande bola vermelha, mas se parar para contar todos os veículos, e só os veículos, em uma pensada rápida eu contei, essa nave, uma banheira, duas cabines telefônicas, uma meia dúzia de cabines policiais, um boné, três De-Loreans, um trem, uma espada, a Epoch, uma chave de portal e isso foi só para começar… mas enfim… voltemos a animação…

O filme tem um ritmo FRE-NÉ-TI-CO do começo ao fim! E nos poucos momento que o ritmo volta ao normal, ele parece arrastado. As piadas são rápidas e constantes, e consegue prender atenção de adultos e crianças, me pareceu uma combinação perfeita para um pipocão com a família. Como disse acima, o filme tem sim uma mensagem, mas, de verdade, não me parece que essa foi a proposta principal do filme. Ele não é um Up, ou Os Croods por exemplo… (para falar de relacionamentos familiares)… a proposta de Peabody é diversão e isso ele tem MUITO!

Peabody e Sherman tem uma animação bem fluída e de boa qualidade, que atende bem a proposta, a trilha sonora (de Danny Elfman) está excelente e o único nome conhecido é nosso adorado Caesar Flickerman (Stanley Tucci) que faz a voz de Da Vinci!

Por fim, recomendo fortemente, você vai se divertir em família e ainda passar alguns bons valores!

A minha nota para As Aventuras de Peabody e Sherman são bons 9.0 odores troianos masculinos!

Leonardo Agrelos
Se acha um host, mas não sabe houstear. Se acha um podcaster, mas tem a linguá presa. Se acha um nerd, mas nunca terminou de ler O Senhor dos Anéis. Se acha um escritor, mas sempre procura no Google como se escreve impeachment. Entre tantos achismos uma certeza, a de que tem que melhorar como pessoa para parecer menos com um babaca.
http://www.pupilasembrasas.com.br
  • fabiossantos

    Vou assistir.

  • Cara, o filme tem mais, muito mais profundidade, a começar pelo fato de um cachorro adotar um menino abandonado dentro de uma caixa num beco! Não considerei o filme frenético, não pela falta de ação, mas pela exagerada habilidade do Sr. Peabody pra absolutamente tudo. Nada sai do controle (no final, um pouco, talvez, mas não vou entrar em spoilers), o que tira a emoção da coisa e me fez cochilar algumas vezes.
    A dublagem não me agradou, mas cumpriu bem o papel. O filme é uma boa pedida pra um dia de domingo com a molecada ( se o almoço for pesado vc poderá dormir durante o filme)
    Ponto positivo para a enorme quantidade de referências ao tratamento que damos aos cães e a natureza dos homens. A forma como o Sr. Peabody exerce a paternidade também merecia algumas linhas (ele trata o filho como um cão pronto, falei ) faltou a nota: Eu não dou mais que 5 biscoitos Scooby.

    • Eder, muito bom ver sua visão sobre o filme, obrigado por compartilhar com a gente.

Top