Deus Não Está Morto

105Deus Não Está Morto, este filme não tenta matá-lo como dizem por aí e também não é a oitava maravilha do mundo cristão como apresentam alguns por aí. Quando assisti esse filme, já fui “com os dois pés atrás” por duas razões, não havia visto uma ÚNICA crítica que me pareceu bem fundamentada ou, no mínimo, não tendenciosa sobre o filme e a segunda é que normalmente essas produções não são de qualidade técnica muito boa.

É complexo lidar com público cristão, aliás, eu acho que o publico cristão é mais complicado que o nerd e o otaku xiíta, pois parece-me um pessoal muito reclamão com tendencias a criticar tudo sem se preocupar com à análise, MAS, esse não é um post sobre o público e sim sobre o filme, só estou explicando a razão de ter visto a obra CHEIO DE RESSALVAS. Mas vamos à minha opinião.

O filme, distribuído neste ano de 2014 no Brasil pela Graça Filmes, conta a história do jovem universitário Josh Wheaton (Shane Harper) nos seus primeiros dias de universidade, quando conhece um arrogante professor de filosofia, o semi-deus Hércules (Kevin Sorbo) que não acredita em Deus (OLHA SÓ, veja que ironia). O aluno reafirma sua fé durante a aula E UMA BATALHA ÉPICA COMEÇA… só que não, na verdade ele é desafiado pelo professor a comprovar a existência de Deus. Começa então um desafio intelectual que tem a turma como o juri que ira definir se Deus está morto ou não.

Deus Não Está Morto foi vendido, ao menos PARA MIM (veja a ênfase nas letras maiúsculas), como um filme de apologética (defesa da fé) e como tal, ele é raso e não consegue atender as expectativas ou, até mesmo a proposta (público universitário), CONTUDO, tendo em vista a escassez, ou, eu diria mais, a terrível aridez da área, o filme é de extrema importância e tem seu valor porque, apesar  de não atender a proposta (como já disse) lança boas sementes, que, assim espero, poderão germinar e frutificar.

Outro ponto que o filme apresenta são as relações pessoais, e aí o filme brilha. Como é bonito e interessante ver as construções que vão ocorrendo entre as pessoas que nesse momento, deixaram de ser meros personagens em filme e (ao menos para mim) passaram a ser meus vizinhos, amigos e conhecidos que em alguma instância e nível tem histórias de vida muito parecidas. As relações interpessoais, ainda que as interpretações não sejam das melhores, são excelentes e valem o por si só filme.

Deus Não Está Morto ainda apresenta uma fotografia muito bonita e uma trilha sonora excelente, o que por sinal, tem sido uma característica marcante nesse tipo de obra.

Enfim, recomendo esse filme como uma obra de apologética, para quem não tem nenhuma afinidade com a área e para os adolescentes cristãos, já como obra sobre relações humanas e vida cristã, vale para todo mundo.

Minha nota para Deus Não Está Morto, descontando pontos e somando leva honestos 6.8 carros com defeitos, porque afinal de contas, Deus é bom o tempo todo, e, o tempo todo, Deus é bom.

Leonardo Agrelos
Se acha um host, mas não sabe houstear. Se acha um podcaster, mas tem a linguá presa. Se acha um nerd, mas nunca terminou de ler O Senhor dos Anéis. Se acha um escritor, mas sempre procura no Google como se escreve impeachment. Entre tantos achismos uma certeza, a de que tem que melhorar como pessoa para parecer menos com um babaca.
http://www.pupilasembrasas.com.br
  • Boa!
    Como um ex ateu, posso afirmar com certeza não é um filme de apologética. O único argumento hercúleo é o argumento da autoridade – o de citar nomes de ateus importantes e de renome: “Vc é um estudante e o Dawkins um cientista”(como se fosse)!
    Agora, as relações são muito bem trabalhadas mesmo e é o ponto forte do filme, depois deuma citação do CS Lewis, dá pra ficar horas refletindo sobre os (des)caminhos que tomamos!
    Infelizmente, o ” depois ” da “conversão” (alerta de aspas) é um pouco problemático. “Aceitei a Jesus, e agora? Vamos a um show de rock!”
    Eu diminuiria a nota para seis novos meninos que não sabem parar de sorrir pras câmeras

    • Ahhhhhhhhhhhhhhh…. os novos meninos são legaaaais e a piada do baterista é MUITO LEGAL!

Top