Flower (Mais um Exclusivo lindo da Sony) PS3, PS4 e Vita

É linda até a abertura do jogo.
É linda até a abertura do jogo.

Esse não é um jogo. Sejamos sinceros… Essa é uma terapia com jogabilidade.

Flower é uma história sem palavras. Você é uma pétala de flor. O seu rastro de pétalas vai ficando cada vez maior, com a condição de que você, pétala (prazer), ao tocar os pontos certos, faça outras flores desabrocharem.

A intenção é fazer com que você redescubra a beleza contida na natureza.

Eu amo esses caras <3 Thatgamecompany <3
Eu amo esses caras: Thatgamecompany

O primeiro cenário é um apartamento frio e feio num dia chuvoso. E você, última pétala de um flor seca num vaso, vai para fora. Cada vez mais longe. Vai para cenários distantes. Você, de pétala vira luz quando anoitece, e ajuda a manter o mundo mais bonito.

As pétalas vão rompendo barreiras, derrubando construções abandonadas e florescendo tudo ao redor. Como não podia ser diferente, as paisagens são de tirar o fôlego.

Lançado em fevereiro de 2009, fazendo nossos coraçõezinhos mai felizes desde então.
Lançado em fevereiro de 2009, fazendo nossos coraçõezinhos mai felizes desde então.

De apartamento em dia chuvoso, para manhã ensolarada. De por do Sol espetacular (sim, nessa hora você dá “pause” só para observar a arte criada) à noite em que você é o objeto que a ilumina. Muita coisa linda acontece nesse jogo. É relaxante!

De pétala a pétala vagalumezinha...
De pétala a pétala vagalumezinha…

Mas eu não te julgarei se tu, cabra macho, homi feitcho, não quiser jogar. Está acomodado a tanta violência e sanguinolência que EU SEI que você não sabe mais apreciar uma bela obra de arte (~aquelas~ que julgam mesmo prometendo não julgar =D ).

Mas, agora falando sério: às vezes a tecnologia precisa nos lembrar de desplugar, desligar, deslogar e sair para fazer fotossíntese! Todos precisamos de vitamina D. Juro!

Faça como o salmista diz, em Salmos 19:1: “Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra de suas mãos.”

Leonardo Agrelos
Se acha um host, mas não sabe houstear. Se acha um podcaster, mas tem a linguá presa. Se acha um nerd, mas nunca terminou de ler O Senhor dos Anéis. Se acha um escritor, mas sempre procura no Google como se escreve impeachment. Entre tantos achismos uma certeza, a de que tem que melhorar como pessoa para parecer menos com um babaca.
http://www.pupilasembrasas.com.br
  • Keila

    Gostei muito da descrição e fiquei curiosa pra jogar. Pena ser exclusivo Sony!

Top