Por que Mad Max não é um blockbuster?

Apesar dos 144 milhões de dólares em 3 semanas de bilheterias americanas, Mad Max não condiz com o título de blockbuster, pelo menos aqui no Brasil. FURY ROADOs blockbusters são os filmes, que na sua grande maioria, tem o enorme apelo ao público, aquele que será acessível ao grande público, que tem uma enorme campanha de marketing, entre outros. Um blockbuster pode ter tudo isso ou algumas dessas características, porém, em relação ao apelo de público, Mad Max aqui no Brasil não tem essas características.

No final do filme, apesar do meu êxtase, eu me foquei na opinião final da maioria que dirigia-se para a saída do cinema. Fui ouvindo muitos comentários que me motivaram a escrever esse texto. Ouvindo comentários do tipo: “esse filme pra ser ruim tem que melhorar muito”, “preferia ter ido ver o filme do Pelé “, “Que palhaçada de filme” e “ainda bem que eu paguei ‘meia'” foram o que me motivou a escrever esse texto. Mad Max não é acessível ao público nacional. mad-max-fury-road
O filme nos coloca como observadores daquele mundo pós apocalípticos bizarros. Apesar do filme levar o nome do que seria o protagonista, Max não é o tipico protagonista. Max somo nós, que somos jogados naquela catarse de eventos. Justamente por essa narrativa, pouco convencional, Mad Max não se propõe a conversa com um público preguiçoso. Um público que gosta de coisas mastigadas, que prefere o comum, que tem problemas para sair da sua zona de conforto.

Apesar disso tudo, essa “visita” ao mundo de distópico de Mad Max, assim como diz o diretor George Miller, tem um roteiro simples, muito simples no quesito diálogos. Mas isso não é demérito nenhum. Pelo contrário, as poucas falas são propositais para a imersão facilitar a tão falada imersão.

A falta de um herói comum, um universo fora do convencional e uma proposta de imersão maior do que os filmes convencionais, fazem com que Mad Max: Estrada Furiosa seja um blockbuster fora do convencional em terraras tupiniquins. Uma pena porque o filme é o que tem de melhor no cinema de ação.086

Leonardo Agrelos
Se acha um host, mas não sabe houstear. Se acha um podcaster, mas tem a linguá presa. Se acha um nerd, mas nunca terminou de ler O Senhor dos Anéis. Se acha um escritor, mas sempre procura no Google como se escreve impeachment. Entre tantos achismos uma certeza, a de que tem que melhorar como pessoa para parecer menos com um babaca.
http://www.pupilasembrasas.com.br
  • Anônimo

    Pra mim foi, de longe, o melhor filme do ano até agora… Estou pra ver um que o supere. Mas talvez eu seja a louca e o resto do mundo que está certo 😉

  • Adriano Toledo

    Cara que bizarro saber que tem gente que foi ver esse filme é achou ruim mas acho que isso é porque ficamos acostumados a somente ouvir a opinião dos nossos amigos próximos que costumam de ter uma opinião como a nossa, nesse caso bem fundamentada. Tipos de reação dessas são realmente comuns e é por isso que deixei de comentar sobre filmes, séries e etc com certas pessoas…

Top