As Lendas da Marvel – Hulk Gritos Silenciosos

image

Não teria como não voltar a escrever para essa coluna com uma história tão profunda e rica quanto a última edição da Coleção Marvel de Graphic Novels. Gritos Silenciosos é um encadernado lançado nos EUA em 2012 que reúne as histórias publicadas originalmente na revista  Incrível Hulk 370 à 377, de 1990.

Todas as histórias são de autoria de Peter David, um dos escritores que ficou mais tempo escrevendo as histórias do Golias Esmeralda. Foram 12 anos, de 1987 à 1999, que Peter esteve a frente da revista e foi responsável por mudar o rumo das histórias e é considerado por muitos dos fãs como o melhor autor a cuidar das histórias do Hulk. O ilustrador também é um conhecido dos fãs do Verdão, já tendo trabalhado em diversas histórias. Juntos eles forma um belo para para essa história tão definitiva.

Voltando a Peter David, ele foi o responsável por uma faceta do Hulk importante. Em suas histórias temos a volta do Hulk Cinza, e a dinâmica do início de suas histórias, em que o Banner se transformava em Hulk apenas à noite. A diferença aqui é que David criou uma personalidade totalmente nova para o monstro, conhecida como Joe Fix-It ou aqui no Brasil Sr. Tira-Teima, que era um Hulk com menos poder que o Verde, mas era inteligente, não como Banner, um cientista, mas era um típico malandro, cheio de malícia, não sendo malvado, mas muito sarcástico. Nessa fase ele foi até um segurança de cassino em Las Vegas.

Ok, mas e o Hulk Verde, você pergunta? E pergunta bem! Bem, ele não deixou de existir. A história do encadernado é toda centrada em uma batalha psicológica, na qual o campo de batalha é a mente de Bruce Banner. Dentro dela duelam as três personas, Banner, Hulk Cinza e o Hulk Verde, que está trancado por uma “porta” psicológica, visto que para Banner é mais conveniente estar aliado ao Hulk Cinza. Cenário que muda um pouco durante a história.

| A história é toda centrada em uma batalha psicológica, na qual o campo de batalha é a mente de Bruce Banner.

Durante o arco também vemos a volta de Betty Ross, eterno amor de Bruce, e sua interação nessa bagunça psicológica. Toda a luta do casal para continuar juntos e fazer seu casamento dar certo apesar de todo o problema causado pelo Hulk.

imageDurante a história temos como foco os problemas psicológicos que Bruce apresenta, e suas origens em traumas infantis e abusos causados pelo pai. Esse assunto inclusive foi usado pelo cineasta Ang Lee na adaptação do Gigante Verde em 2003, aquele que tinha poodles Hulk… Ok, não é um dos mais elogiados filmes de herói mas temos que dar o crédito ao “chinesinho”, diretor de O Segredo de Brokeback Mountain e As Aventuras de Pi, só por esses filmes dá pra você ter uma idéia do porque ele trouxe a tona os traumas do Dr. Banner. Queria mostrar ao grande público a profundidade que Peter David conseguiu transmitir a suas histórias. Porém quem vai ao cinema ver um filme do Hulk infelizmente não quer ver o Verdão passando por uma sessão de terapia, e sim ESMAGANDO!

Acho que ao tratar de um assunto tão delicado em uma história em quadrinhos é de uma beleza extraordinária além de carregar um peso social. Pensando na época em que a história foi publicada, início da década de 90, foi com certeza um avanço. Ver um herói até então visto como invencível por sua força sem igual, sendo assolado por traumas. Pense em quantos dos leitores, nós inclusos, temos nossos problemas psicológicos. Sim! Temos, alguns mais severos que outros mas temos, não é vergonha nenhuma admitir, e inclusive, se você ou alguém próximo notar essa necessidade, não é vergonha procurar ajuda para lidar com isso. Ajuda dos seus entes queridos e ajuda profissional.

Adriano Toledo
Detentor do título de o mais nerd deste site... (Não tão) Profundo conhecedor de Quadrinhos, Games, Cinema, Literatura Fantástica e outras loucuras....
  • marcello

    encontrei este volume para vender aqui perto de casa e estou interessado em comprar, mas é necessário volumes anteriores para compreender este?

    • Adriano Toledo

      Não é estritamente necessário… Essa coleção é composta por encadernados com histórias fechadas. A maior parte delas ocorre dentro de contexto no qual as histórias da Marvel se encontravam na época da publicação original, nesse caso acho que final dos anos 80 e começo dos 90…. Mas para contextualizar os leitores que não acompanhavam quadrinhos nas determinadas épocas, todos os volumes da coleção vêm com uma página no ínicio com um resuminho do que é essencial para ser entendido… Então pode comprar que vc vai entender sim! E se alguma coisa não estiver clara pode me perguntar que eu tento responder!

      • marcello

        ok! Irei comprar, então! Muito obrigado por responder, Adriano! Abraço!

        • Adriano Toledo

          Que isso! Boa leitura, espero que goste! Depois de ler volte para dar sua opinião! Um abraço

Top