[CINEMA] Zerando a Vida

A Netflix deu uma nova chance para Adam Sandler. O segundo filme coproduzido junto com a locadora vermelha é bem melhor do que o primeiro (The Ridiculous 6), mas ainda assim, nada demais.

Eu não consigo entender Adam Sandler e suas opções artísticas. Vários atores se associam ou tentam se associar a um padrão de atuação. Tipo Al Pacino sendo mafioso e Will Smith sendo o herói. Adam Sandler quer ser o “rebelde família”. Sua carreira é cheia desses filmes, porém nos últimos cinco anos ele se especializou em fazer esse gênero de uma maneira ruim e contraditória. Não consigo entender um ator que escolhe fazer filmes famílias coloque tantas piadas sexuais de gosto duvidoso. Que tipo de filme família é esse em que a piada é um closer no órgão genital masculino?

Sandler é um cara carismático, tem mercado ao redor do mundo, deve ser por isso que a Netflix continua insistindo nele. Zerando a Vida tem um bom plot twist, consegue ser ridículo de uma maneira engraçada (somente risos de canto de boca) e entrega o que promete. Tem a lição de moral, típica dos filmes do Sandler, entretanto as piadas apelativas sexualmente, apesar de ser uma assinatura dos filmes do ator, ainda é uma grande contradição com a sua mensagem.

O filme não é uma perda de tempo, mas eu não perderia o meu tempo assistindo de novo. Conclusão contraditória, igual os filmes do Adam Sandler.

Leonardo Agrelos
Se acha um host, mas não sabe houstear. Se acha um podcaster, mas tem a linguá presa. Se acha um nerd, mas nunca terminou de ler O Senhor dos Anéis. Se acha um escritor, mas sempre procura no Google como se escreve impeachment. Entre tantos achismos uma certeza, a de que tem que melhorar como pessoa para parecer menos com um babaca.
http://www.pupilasembrasas.com.br
  • Assisti esse filme também. Devo dizer que fui surpreendido positivamente quanto ao plot, que tem umas reviravoltas e tudo. O que estraga a experiência são realmente as piadas caducas de tetas, bilau, baitolagem e sexo. Só faltou a piada com pum e o Rob Schneider pro filme ganhar o selo 100% Adam Sandler kkkk. Acho que esse tipo de humor já deu o que tinha que dar nos filmes desse cara. E talvez o problema dele seja esse, o de não se reinventar, de não tentar fazer um humor mais perspicaz e inteligente e menos apelativo.

Top