Pupilas em Brasas #87 – Black Mirror: Em Que Você “Reflete”?

Muito bem galera.

Estamos de volta com mais um programa especial para você que tem um espelho negro sempre à mão.

E dessa vez Léo Agrelos e Nito Xavier convidam Ivandro Menezes, do Os Cabracast, para papearmos sobre essa série impressionante.

Pegue seu aparelho eletrônico e venha conosco antes que a tecnologia te consuma, se já não consumiu.

Todos podem ouvir, mesmo se tiver menos que 1,4.

Nossas redes: Facebook| Instagram| Twitter

Nito Xavier
Professor apaixonado pela profissão, cristão entusiasta, criador de teorias fracassadas e como diria minha mãe: falador de abobrinhas.
http://pupilasembrasas.com.br
  • Lucas Mancio

    Sou novo aqui e não estou conseguindo ouvir nem baixar alguns episodios, poderiam dar uma olhada? tentei sem sucesso baixar os episodios de sherlock, ensaio sobre a cegueira e rei leao

  • Igor Reis

    Demorou, mas escutei. Conheci Black Mirror esse ano, sabia que “tinha que assistir”. Muito Black Mirror essa frase. Assistimos pra fazer parte de um grupo? Quando saiu o cast eu corri para o espelho negro de bolso, para poder escutar o cast. Cada episódio tem assunto que pode ser discutido em um cast diferente ou uma reunião de Pequeno grupo jovem da igreja, também conhecido como célula.
    O Episódio que eu mais gostei foi o do especial de natal. 1 hora e meia de tecnologia misturado com inception. Sem falar na participação do famoso Don Draper.
    Black Mirror virou uma categoria. Por exemplo, vocês, do pupilas, já viram 3%? É tão Black Mirror! Misturado com Jogos Vorazes, que por sinal, é um filme que também virou categoria. Essa série brasileira pode dar um ótimo cast e uma ótima aplicação. Vou ficar esperando. Valeu!

  • Ótimo episódio pessoal! Acredito que o mais assustador de Black Mirror (e o que faz ser bom, talvez) é que trata de temas que podem ser possíveis, de uma forma exagerada ao usar tecnologia avançada. O mais próximo da realidade falando de tecnologia é o “Cala a boca e dança”, da terceira temporada, onde o personagem é chantageado, visto que hoje isso já acontece. O bom do Black Mirror é que levanta questionamentos e nos faz sair da zona de conforto, além de nos lembrar quem o homem realmente é: antes de tudo, um pecador.

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

Top