Pupilas em Brasas #88 – O Livro de Eli: Reflexo na Ponta dos Dedos

Muito bem galera.

O mais estranho desse filme é que tá todo mundo perdido, menos o cara cego do filme.

Léo Agrelos e Nito Xavier convidam Junior Meireiles, do Sou Igreja Sou Luz, para analisar as semelhanças da nossa realidade com a ficção do Livro de Eli.

E reponda aí nos comentários, O Livro de Eli é um filme “gospel” ou um filme de ação? Responde aí porque não conseguimos responde aqui.

Nossas redes: Facebook| Instagram| Twitter

Leonardo Agrelos
Se acha um host, mas não sabe houstear. Se acha um podcaster, mas tem a linguá presa. Se acha um nerd, mas nunca terminou de ler O Senhor dos Anéis. Se acha um escritor, mas sempre procura no Google como se escreve impeachment. Entre tantos achismos uma certeza, a de que tem que melhorar como pessoa para parecer menos com um babaca.
http://www.pupilasembrasas.com.br
  • Olá Pupileiros !
    Adoro quando tem musguinha no meio do cast rs.Muito bom o cast,e a parada de que possamos já estar “queimando” nossas bíblias me fez pensar bastante.
    Abraços a todos.

  • O episódios do Pupilas em Brasas são muito bons, mas a edição deste está muito estranha. É assim mesmo? Tipo 5:40 para frente.

    • Problemas técnicos. Não consegui fazer a magia da edição nesse cast rsss
      Mas o que te chamou atenção pra isso? Responde aí. Vai quem tem mais coisa que a gente não percebeu hehe

    • Ouve aí e vê se melhorou, problemas técnicos.

  • Igor Reis

    Caraca! Essa pauta tava guardada há muito tempo, heim?!
    A ultima vez que vi esse filme foi na aula de Antropologia Cristã, em 2011. Gosto muito desses filmes pós-apocalípticos que mostram no que as pessoas podem se tornar quando não há mais um sociedade estabelecida. A bíblia fala que haverá perseguições contra aqueles que defendem a palavra de Deus e filmes como esse me faz crer nisto. Bíblias foram destruídas no passado e isso pode acontecer de novo, como no filme.
    Não considero como um easter egg, mas o significado de Eli, no hebraico, corresponde à palavra deus. Então, o filme, também, pode se chamar: o livro de Deus.

  • Lembro que quando assisti, percebi que ele era cego, mas demorei pra acreditar. Tem muitas cenas que ele “precisaria” ver pra dar certo, ou Deus usou muito ele, porque o cara tinha que ter algum superpoder, sério. É tipo o Demolidor Gospel. hahahaha

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

  • Gui Sah Laurinha Benz

    Nossa faz tempo que não comento nada 😛
    Vou ouvir esse cast e se eu lembrar eu comento… 😛

Top