Pupilas em Brasas #99 – Game of Thrones: Sangue, Política e Confusões Proféticas

No episódio de hoje, Léo AgrelosIgor ReisIsaque Resende e Adriano Toledo, percorrem Westeros em busca dos mistérios que fazem Guerra dos Tronos um sucesso entre crítica e publico. Ainda nesse episódio você vai perceber como é impossível falar tudo sobre a série em apenas uma hora e ainda arrumar tempo para falar das loucuras de Melisandre e suas profecias.

Pegue sua espada, escudo e seu fone de ouvido e tente não morrer nessa jornada.

Nossas redes: FacebookInstagramTwitter

Leonardo Agrelos
Se acha um host, mas não sabe houstear. Se acha um podcaster, mas tem a linguá presa. Se acha um nerd, mas nunca terminou de ler O Senhor dos Anéis. Se acha um escritor, mas sempre procura no Google como se escreve impeachment. Entre tantos achismos uma certeza, a de que tem que melhorar como pessoa para parecer menos com um babaca.
http://www.pupilasembrasas.com.br
  • O que eu mais gosto em GoT é que não dá pra “torcer” para alguém, pois esse alguém certamente vai te decepcionar, ou morrer hehehe Ou seja, foge dos clichês e surpreende 🙂

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

  • Eu acho que esse arco da Meli com o Stannis, em termos de desfecho, foi um dos mais bem executados em GoT. Acho que fica claro que não compensa provar sua fé a qualquer custo! A Meli acreditava tanto que a interpretação dela era a correta, que foi capaz de qualquer coisa para fazer a profecia se concretizar! E no final, o Stannis, que era um baita de um comandante, um cara inteligente e corajoso, terminou como aspirante a rei qualquer, que autorizou a morte da própria filha.

    E como isso é atual, né? A gente não se mata provando nossos pontos de vista e nossa fé em detrimento de outras? Eu diria que diariamente!

    Aguardando por mais casts de GoT, gente! Até a próxima.

  • Descobri Game of Thrones de uma maneira um pouco diferente: em uma black friday olhei no site do submarino, encontrei o box com os 5 livros e pensei: “diz que esse livro é bom, vou comprar”. Quando chegou, logo comecei a ler. Ao mesmo tempo, comecei a assistir uma série que encontrei perdida e isolada na internet. Demorei um pouco para fazer a ligação entre o livro e a série, mas quando consegui foi uma relação de amor e ódio com o universo, além de reclamar muito quando a série mudou o rumo da história que está escrita nos livros. HAHA

    Sobre o episódio, caras, que episódio!!!
    Achei sensacional o comparativo do Isaque sobre o norte, confesso que o norte faz muito sentido para mim agora!

    Sempre penso que é possível olhar para ela e fazer um “comparativo” com o cristianismo. Eu acho que cada personagem ali mostra os dois lados da moeda, mostra que ao mesmo tempo que somos “bons”, provamos que somos “maus” também.

    Vou escutar mais de uma vez, com toda certeza

    Um abraço,
    Abner Lobo [Os Piácast]

  • Abel Cruz

    Baixando o cast, mas mesmo sem ouvir, e peço que ignorem esse trecho se já tiverem feito no cast, quero fazer um questionamento: A religião do Deus Vermelho pra vocês seria a metáfora (distorcida) do Cristianismo? Ou das religiões monoteístas como um todo? Ou é só viagem minha?

    Abraço, pupileiros!

Top