Raízes – A Luta Pela Liberdade

O que define a liberdade? O que diz que alguém é verdadeiramente livre? Sua escolaridade? A cor de sua pele? Seu poder econômico?

Falar em liberdade no século XXI parece até desnecessário, mas quando se pensa que quase 50 milhões de pessoas ainda vivem em condições análogas à escravidão ao redor do mundo, parece que estamos longe da liberdade para todos.

Nesse contexto uma obra como Raízes (refilmagem de 1977) tem seu valor, ainda que trate de um fato histórico aparentemente tão distante de nós, de ter gerado polemica por ter sido lançada no Memorial Day nos EUA e Snoopy Dogg ter pedido o boicote da série alegando que reforça estereótipos e desprestigia histórias de negros de sucesso, o que merece também ser refletido. Alguns tópicos principais e enraizados na natureza humana, como o preconceito, as relações humanas, a ganancia do ser humano trabalhados na série sempre valem a discussão.

A série, que conta com uma avaliação de 7,9 no Imdb, tem diálogos bem construídos, e roteiro bem amarrado e a trilha bem escolhida ajudam na construção da emoção das cenas, as atuações muito bem executadas, em muitos momentos conseguem transportar o expectador àquela época retratada em tela. Achei que algumas relações foram desenvolvidas um pouco apressadamente, mas levando em conta que a história pega 4 gerações de pessoas de Kunta Kinte a Tom isso pode ser reconsiderado. O fato de se ter praticamente um protagonista por episódio foi interessante, pois permitiu entrarmos na mente  personagens e entender as motivações de luta de cada  um.

Concluo dizendo que o tema liberdade é tão importante hoje quanto foi no tempo da escravidão e ainda vale a pena sua discussão e que revisitar um fato histórico, ainda que tão doloroso como esse, pode nos ajudar a mudar nosso caminho hoje e ter um futuro com mais respeito, menos preconceito e mais igualdade entre as pessoas.

 

 

Edy Wilson
Um aprendiz de nerd , acha de volta pro futuro melhor trilogia de todos os tempos ( por enquanto ) , não gosta de filmes de terror ( sim eu tenho medo) , aprendendo a escrever textos e querendo ter tempo de ler todos os livros que compra , esse é o meu clube
http://pupilasembrasas.com.br/
Top